Luciane Lourenço

Luciane Lourenço: causa animal e Porto Ferreira mais igualitária

Publicado em: 15/01/2021 11:00

Whatsapp

 

Luciane Lourenço: causa animal e Porto Ferreira mais igualitária

Ferreirense e microempreendedora dona de um carrinho de cachorro quente, a vereadora Luciane Lourenço (PSD) iniciou, em 1 de janeiro, o seu primeiro mandato na Câmara Municipal de Porto Ferreira. A parlamentar fará parte da Mesa Diretora neste primeiro biênio, como primeira secretária, e tem como prioridade trabalhar pela causa animal e desenvolver ações sociais no município.

“Como eu sempre falei, eu nunca fiz promessas, eu me comprometi. Sempre falei que estava me comprometendo e não prometendo. As minhas expectativas são que eu coloque em prática os projetos que eu tinha tanto na parte social quanto na parte animal” iniciou Luciane Lourenço.

A causa animal já é uma batalha que a vereadora defende há anos. “Com a pandemia piorou muito a situação, principalmente de abandono”, afirmou completando que possui um grupo de mulheres que estão trabalhando para desenvolverem projetos em prol dos animais. “Estamos vendo o que dá para fazer em relação aos maus tratos e abandono. Não queremos um canil, mas precisamos de um projeto para ajudar nessa parte.”

Segundo Luciane Lourenço, Porto Ferreira carece de um local onde a Polícia Ambiental possa deixar os animais acolhidos de maus tratos e abandono. “Por isso queremos criar um projeto de um lugar para colocar esses cachorros, não é um canil, é um local para eles serem cuidados, castrados e depois serem doados”, informou.

Outro ponto destacado pela vereadora é o Centro de Zoonoses. “Está no plano de governo do Rômulo (Rippa, prefeito), e eu quero participar, que o Centro de Zoonoses comece a atender a população que tem um animalzinho e não tem condição de leva-lo a uma consulta quando é atropelado, quando está doente. São esses tipos de projeto que eu quero atuar durante meu mandato.”

Além da causa animal, Luciane Lourenço já é muito atuante em ações sociais no município. “Eu quero priorizar a necessidade da população porque eu já fazia ação social, arrecadação para as pessoas que precisam”, afirmou.

Nessa área, a parlamentar tem um projeto para criar uma associação que centraliza as doações no município. “Para aquelas pessoas que não conseguem se cadastrar na Assistência Social e que precisam de ajuda, às vezes para dois meses só. Eu queria criar uma associação aqui em Porto Ferreira igual a AVCC (Associação Voluntária de Combate ao Câncer) de Barretos.”

A vereadora também pretende buscar alternativas para os moradores de rua da cidade. “Eu sei que tem no plano de governo do Rômulo, que é a casa de passagem. A nossa cidade tem muito morador de rua e pelo levantamento feito 70% dos moradores de rua é ferreirense. Pretendo atuar com algum projeto em que possamos amenizar essa situação”, salientou Luciane Lourenço.

“Precisamos olhar para essa parte social, principalmente agora com a pandemia, a gente não sabe o fim, até que o Alan (presidente da Câmara, vereador Alan João) falou sobre o alto impacto social, e eu acho que esse ano será muito mais difícil do que 2020.” Luciane Lourenço veio de família humilde. “Não existe salvação fora da caridade. A minha experiência de vida é realmente ajudar o próximo, é o que eu quero fazer.”

Para isso, ela e um amigo possuem um projeto para dar oportunidade às pessoas. “Chama Oficina de Profissões e tem como objetivo ensinar crianças, adolescentes, não só de baixa renda, mas quem tenha vontade de aprender e não tenha condição de pagar um curso superior. Os cursos seriam para profissões como manicure, barbearia, cabeleireiro”, citou a vereadora que é técnica em contabilidade e graduada em administração de empresas.

Luciane Lourenço foi eleita pelo partido do prefeito Rômulo Rippa, o PSD. “Eu escolhi o partido dele porque vem fazendo um bom trabalho e eu acredito que vá continuar. Ele tem o meu apoio porque eu tenho certeza que ele trabalha em prol da população que foi quem nos elegeu.”

Sobre o trabalho na Câmara, a parlamentar acredita que haverá uma união. “Aqui dentro não tem partido, o Legislativo foi eleito pelo povo e estamos aqui para defender os direitos do povo. Estou a favor da população sempre, o que for melhor para a população, com política participativa, quero poder atender todo mundo.”

Uma Porto Ferreira melhor é o desejo da vereadora. “Eu digo que eu venho do povo, a minha humildade, a minha caridade. Quero uma cidade melhor, eu nasci aqui, vou morrer aqui e eu realmente desejo uma Porto Ferreira melhor. Meu sonho, e acho que o sonho de todo mundo, é de que houvesse igualdade ou pelo menos o mais próximo da igualdade”, finalizou Luciane Lourenço.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira