Ricardo Patroni

Dia do Ceramista é lembrado com moção de aplausos

Publicado em: 27/05/2021 15:00

Whatsapp

 

Ricardo Patroni durante a discussão da moção que homenageia os ceramistas

Dia do Ceramista é lembrado com moção de aplausos

De autoria do vereador Ricardo Patroni, moção também lembrou dos 100 anos da data

A Câmara Municipal de Porto Ferreira aprovou, na 18ª Sessão Ordinária realizada na segunda-feira (24/05), a Moção de Aplauso nº 18/2021 do vereador Ricardo Patroni (PSD) homenageando os ceramistas do município pelo dia 28 de maio em que se comemora o Dia do Ceramista.

A moção foi destinada às Diretorias do Sindicato das Indústrias de Produtos Cerâmicos de Louça de Pó, de Pedra, Porcelana e da Louça de Barro de Porto Ferreira (SINDICER) e do Sindicato dos Trabalhadores Vidreiros e Ceramistas de Porto Ferreira e Região (SINDVICO).

Neste ano, comemora-se 100 anos do desenvolvimento da cerâmica no município. Sobre a moção, Ricardo Patroni falou em sua discussão. “Gostaria de, primeiramente, agradecer a todos os vereadores dessa Câmara Municipal pela subscrição desse importante documento.”

O vereador destacou a importância dos ceramistas no desenvolvimento do município. “Desde empreendedores, fundidores, esponjadeiras, pintores, dentre outras importantes funções diretas e indiretas da cerâmica. Meu pai e meu avô tiveram uma cerâmica entre as décadas de 70 e 80 e também foram nessas décadas que tivemos o famoso boom da cerâmica em nosso município, chegando a ter aproximadamente 400 fábricas.”

Apesar das inovações de maquinários, o ramo das cerâmicas manteve a sua natureza artesanal. “E sempre demandou uma imprescindível constância de mão de obra fazendo com que esse segmento seja ainda um dos principais responsáveis pela geração de emprego e renda em nosso município”, afirmou o vereador.

O município, motivado pela tradição que contabiliza um século, recebeu importantes titulações por conta da cerâmica. “Como a de Arranjo Produtivo Local da cerâmica e decoração conquistada há poucos anos através de uma parceria entre a Prefeitura Municipal, entidades locais e também os empresários junto ao Governo do Estado de São Paulo. A titulação de Município de Interesse Turístico e também a titulação de Capital Nacional da Cerâmica Artística e da Decoração”, enumerou Ricardo Patroni.

Porto Ferreira também foi certificada com o selo de indicação de procedência. “Uma importante certificação após um projeto de mais de mil páginas apresentado no Rio de Janeiro junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial. Os produtos fabricados no nosso município poderão carregar neles, em suas embalagens o selo de procedência, diferenciando o nosso produto no mercado e aumentando o valor agregado.”

Nesta sexta-feira, dia 28 de maio, marca os 100 anos da história da cerâmica no município. “Iniciou-se no ano de 1921 através de um grupo de aventureiros que vieram para Porto Ferreira com o empreendimento que mudou a história da nossa cidade. Era uma cidadezinha que tinha apenas duas mil pessoas à margem do Rio Mogi e que acabava de sair de um surto de malária e também da gripe espanhola.”, contou o parlamentar.

Diante dessa crise, os habitantes estavam assolados por uma pobreza extrema. “E relembrar nesse mesmo período de pandemia essa história em que a indústria cerâmica veio para salvar o nosso povoado e mudar a história de Porto Ferreira. Algumas figuras imprescindíveis e não muito lembradas como Paschoal Salzano, João Procópio Sobrinho, Jacob Mondim, os irmãos Patire e outros colaboradores que iniciaram tudo isso há 100 anos.”

Para finalizar sua fala, Ricardo Patroni afirma que essa história perdurará para sempre em Porto Ferreira. “É uma das principais fontes de renda do nosso município, uma história construída com argila, fogo, água e suor de milhares de ferreirenses. Então parabéns e um agradecimento especial a nossa Casa de Leis pela homenagem e por toda a história do nosso município, a Capital Nacional da Cerâmica Artística e da Decoração”, concluiu.

O presidente da Câmara, vereador Alan João (PSD), também falou sobre a homenagem. “Gostaria de destacar esse importante segmento econômico e artístico em nosso município como bem lembrado pela moção do nosso colega. Na importância que tem a cerâmica aqui na nossa cidade para distribuição de renda, desenvolvimento econômico e social.”

Alan João lembrou da lei de autoria do diretor geral da Câmara e ex-vereador Marcos Maquininha que instituiu a celebração no município. “É um mês todo de agenda e que, em breve, possamos fazer em parceria com o Executivo e colocar em cumprimento essa legislação tão importante para o município chegando às escolas municipais”, pontuou.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira