Geral

Vereadores visitam EMEF Mário Borelli e conversam com diretor da unidade

Publicado em: 18/06/2021 11:30

Whatsapp

 

Vereadoras Priscila Franco e Luciane Lourenço, diretor Reginaldo Miguel Archanjo e presidente Alan João durante a visita à escola

Vereadores visitam EMEF Mário Borelli e conversam com diretor da unidade

Alan João, Priscila Franco e Luciane Lourenço visitaram a escola que tem mais de mil alunos

Na manhã de segunda-feira (14/06), o presidente da Câmara Municipal de Porto Ferreira, vereador Alan João (PSD) junto com as vereadoras Priscila Franco (PSDB) e Luciane Lourenço (PSD) visitaram a Escola Municipal Mário Borelli Thomaz como parte das agendas que os parlamentares têm feito acompanhando alguns locais do município.

Eles foram recepcionados pelo diretor da escola, professor Reginaldo Miguel Archanjo, que os apresentou os dados da escola e respondeu aos questionamentos feitos pelos parlamentares. A escola Mário Borelli conta, atualmente, com 1.353 estudantes matriculados, sendo 450 no Ensino Fundamental I, 513 no Ensino Fundamental II, 377 no Ensino Médio e 13 no Ensino para Jovens e Adultos (EJA).

Por conta da pandemia, as aulas estão sendo realizadas de forma remota, seja por atividades disponibilizadas online via plataforma do Google ou entregues presencialmente semanalmente aos pais ou alunos. Por contar com mais de mil estudantes, o controle da presença é feito em planilhas e sempre que é constatada a falta recorrente na entrega de atividades os coordenadores entram em contato com a família do aluno.

A vereadora Luciane Lourenço fez, na 20ª Sessão Ordinária, um requerimento sobre as aulas por videoconferência da escola. Reginaldo Miguel Archanjo contou que está ciente do problema em relação a queda da conexão e disse que já há um projeto para a resolução em andamento, mas por conta dos processos burocráticos e licitatórios exigidos, a solução ainda não foi alcançada.

As visitas feitas pelos vereadores têm com um dos objetivos conhecer as demandas dos locais para que possam projetar as suas emendas para o próximo ano. Entre as reinvindicações apresentadas pela escola, a maior necessidade é a sala de informática para os alunos, visto que haverá mudanças na grade curricular do Ensino Médio nos próximos anos e uma sala de informática será necessária para complementar as aulas.

Para finalizar a visita, o diretor levou os vereadores para conhecer algumas das dependências da escola, inclusive os instrumentos da fanfarra que foram adquiridos por meio de uma emenda impositiva do vereador Alan João no valor de R$ 20 mil feita no ano de 2019.  

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira


Imagens