João Lázaro

Vereador solicita estudo do impacto financeiro no salário dos servidores públicos

Publicado em: 03/09/2021 11:30

Whatsapp

 

Na sessão, vereador João Lázaro apresenta seu requerimento

Vereador solicita estudo do impacto financeiro no salário dos servidores públicos

João Lázaro apresentou requerimento na última sessão solicitando ao Executivo o estudo

O vereador João Lázaro (PSDB) apresentou, na 31ª Sessão Ordinária realizada na segunda-feira (30/08), o Requerimento nº 399/2021 solicitando informações quanto a estudos para analisar o impacto financeiro nos salários dos servidores público municipais.

Na discussão da matéria, o parlamentar argumentou sobre a sua proposição. “Há duas semanas, estivemos conversando eu, o presidente Alan João (PSD), e os vereadores Sérgio de Oliveira (DEM), Priscila Franco (PSDB) e Luciane Lourenço (PSD) e discutimos sobre a situação do funcionalismo público, que, com a Lei Complementar nº 173 do Governo Federal, teve o seu aumento salarial travado.”

Além de não receberem o aumento, os servidores públicos municipais também não estão sendo contemplados com a contagem do anuênio. “Com isso, o anuênio do ano passado e o anuênio desse ano já são 2% de defasagem no salário. Ano passado, nós tivemos uma inflação de 4,5% e, esse ano, tem uma previsão de mais de 6%. Então, somando tudo isso, são doze por cento nos últimos dois anos”, explicou João Lázaro.

Para tanto, o vereador solicita à Administração Municipal que seja feito um estudo do impacto desta perda no salário dos servidores. “Porque tudo subiu, a cesta básica subiu, o combustível subiu, aluguel subiu. Nós temos que começar a pensar o que fazer em relação ao funcionalismo ano que vem. Existe uma previsão para que o salário mínimo chegue a R$ 1.177, ou seja, o salário mínimo vai estar acima do salário-base do funcionalismo público que hoje é R$ 1.160.”

João Lázaro ressaltou a necessidade de valorizar as menores referências do funcionalismo público. “O momento é de muita reflexão e cautela. Está na hora de analisar a reestruturação organizacional, as referências do funcionalismo público. Começar a valorizar as menores referências e pensar em aumentar esse valor.”

O vereador lembrou de um aumento que foi dado aos secretários municipais em 2011. “Em 2011, houve um aumento nessa Casa de Lei de 70% no salário dos secretários. Naquela época, pode fazer essa diferença. Então, estou solicitando ao senhor prefeito para que ele faça um estudo, vamos pensar em uma reorganização, em valorizar as menores referência porque elas perderam seu poder de compra”, declarou.

Outra sugestão dada pelo parlamentar foi buscar os salários praticados em cidades da região. “Comparar com salários da região, Santa Rita, Descalvado, Pirassununga, de acordo com a referência quanto está sendo o salário, quais são os benefícios que eles têm e começar a valorizar essas pessoas que são os nossos funcionários públicos que tanto se dedicam, tanto trabalham e merecem o nosso respeito”, finalizou João Lázaro.

O requerimento foi aprovado por unanimidade e será encaminhado para a resposta do Executivo Municipal.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira