Luciane Lourenço

Vereadora prepara anteprojeto para combate à violência contra a mulher

Publicado em: 24/03/2022 12:00

Whatsapp

 

Vereadora Luciane Lourenço discursa durante a sessão

Vereadora prepara anteprojeto para combate à violência contra a mulher

Na sessão, Luciane Lourenço contou sobre reunião que teve com secretário para falar sobre o tema

A vereadora Luciane Lourenço (PSD) foi à tribuna da última sessão ordinária, realizada na segunda-feira (21/03), para falar sobre um anteprojeto que será escrito em conjunto com a vereadora Priscila Franco (PSDB) com objetivo de apresentar alternativas para o combate à violência contra a mulher.

“Queria aproveitar e parabenizar os requerimentos do vereador Élcio Arruda (MDB) e, aproveitando que são sobre o mesmo assunto, hoje, eu e a vereadora Priscila estivemos em reunião com o secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, coronel Valdemir Guimarães Dias, juntamente com o assessor legislativo, Dr. Gustavo de Freitas, para discutirmos sobre o anteprojeto”, disse se referindo aos requerimentos do vereador Élcio Arruda que solicitam emendas a deputados para o combate à violência contra a mulher.

A reunião entre vereadoras e secretário serviu para discutir os pontos do anteprojeto. “Este anteprojeto será sobre combate à violência contra as mulheres. O coronel nos deu novas ideias e também ponderou algumas de nossas sugestões. Nós vamos fazer alguns ajustes e apresentar junto ao Executivo Municipal”, explicou Luciane Lourenço.

A vereadora contou que já tem o apoio do prefeito Rômulo Rippa para, após passar por aprovação na Câmara, o anteprojeto retorne como projeto de lei pelo Executivo. “O nosso prefeito também já manifestou o apoio a esse anteprojeto. Então, nós estamos ajustando e vamos apresenta-lo para nós termos uma lei nossa aqui no município contra violência e à favor das mulheres”, concluiu.

Além desse anteprojeto, Luciane Lourenço vem trabalhando em prol da defesa da mulher desde o início de seu mandato. Em parceria com a vereadora Priscila Franco, foram feitos nove requerimentos e três indicações, conforme citado na sessão da semana passada, solicitando, principalmente, dados sobre a violência contra a mulher em Porto Ferreira para basear o pedido da Delegacia da Mulher no município, além de intercederem pela instalação de uma unidade de atendimento da Casa da Mulher.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira