Ricardo Patroni

Perguntas sobre início do cursinho pré-vestibular são feitas em sessão

Publicado em: 28/11/2022 11:30

Whatsapp

 

Na sessão ordinária, vereador Ricardo Patroni usa a tribuna

Perguntas sobre início do cursinho pré-vestibular são feitas em sessão

Vereador Ricardo Patroni é autor da matéria e de emenda destinada para a compra de materiais

O vereador Ricardo Patroni (PSD) apresentou o Requerimento nº 611/2022, que solicita informações sobre o curso pré-vestibular gratuito a ser oferecido pelo município, na 43ª Sessão Ordinária realizada na segunda-feira (21/11).

Sobre a matéria, o parlamentar falou em sua discussão. “Existe uma lei municipal que foi citada aqui, de setembro de 2019, que instituiu no âmbito Municipal o cursinho pré-vestibular preparatório, mas que até o momento nós não temos informações sobre quando será iniciado.”

Além da informação sobre o início, Ricardo Patroni busca saber, com seu requerimento0 como serão ministradas as aulas, como os interessados poderão se inscrever, quem serão os professores e onde serão ministradas as aulas do curso pré-vestibular.

“Ressaltando que esse cursinho é uma pauta importante presente no plano de governo do prefeito Rômulo Rippa e que visa fomentar e preparar os alunos, os nossos jovens, para conquistarem a tão sonhado a vaga no ensino superior público e também privado em nosso país”, explicou o vereador.

Nas emendas apresentadas ao orçamento deste ano, Ricardo Patroni destinou R$ 10 mil para a compra de material para o cursinho. “Contendo cadernos, canetas, lápis, borrachas e demais materiais necessários para o início das atividades do cursinho, mas, infelizmente, até o momento não tenho informações se já foram comprados esses materiais.”

A proposta para a emenda partiu de duas munícipes que possuem um grupo de voluntários que prestam serviços dentro das escolas públicas do município levando informações sobre as profissões e os vestibulares. “Esses voluntários me procuraram e apresentei uma matéria em abril do ano passado e também agora recentemente mostrando o interesse de participarem das atividades do cursinho preparatório de maneira gratuita”, detalhou.

Atualmente, há grande dificuldade para os ferreirenses cursarem um curso preparatório para os vestibulares. “Nós precisamos urgentemente, especialmente para que os estudantes das nossas escolas públicas, que não têm condições financeiras de pagar um cursinho preparatório, auxiliando essas pessoas a terem a oportunidade de conquistar a vaga no ensino superior”, ressaltou Ricardo Patroni.

Para finalizar sua fala, o vereador se colocou à disposição do cursinho. “Coloco-me também como voluntário do cursinho, que irá proporcionar cada vez mais que nossos ferreirenses tenham acesso ao ensino superior do nosso país, que tenham sua profissão, uma melhor condição de vida para si próprio e para suas famílias.”

O presidente da Câmara, vereador Alan João (PSD), que foi coautor da propositura, também falou sobre o requerimento. “Quero parabenizar, primeiramente, o vereador Ricardo pela propositura. Como o vereador disse, é uma matéria importante, é uma legislação que passou na outra legislatura e foi sancionada em 2019, mas ainda não entrou em execução.”

Em conversa com o Executivo Municipal, o presidente falou sobre a emenda do vereado Ricardo Patroni. “Na semana passada, eu estive no gabinete do prefeito em exercício, Dr. Saldanha, e conversando juntamente com o assessor legislativo, Dr. Gustavo de Freitas, nós abordamos esse assunto e vamos verificar como está esse planejamento e a programação para a execução da sua emenda”, informou.

Para Alan João, a necessidade de o município ter um cursinho já é uma demanda de anos. “Nós sabemos que muitas pessoas não têm condições financeiras de pagar um cursinho vestibular porque são muito caros, então cabe ao município oportunizar isso aos alunos.”

O presidente também salientou a perda educacional que os estudantes tiveram durante a pandemia. “Cabe ao Estado diminuir a perda desse período e correr atrás para fornecer todas as oportunidades possíveis a essas famílias, principalmente àqueles que não têm condições e que sofreram mais com a pandemia”, finalizou.

O requerimento foi aprovado por todos os vereadores e será encaminhado para que o Executivo Municipal responda dentro do prazo regimental.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira