João Lázaro

Requerimento questiona adequação do local onde é feita limpeza de EPIs

Publicado em: 22/04/2021 16:30

Whatsapp

 

Vereador João Lázaro apresenta seu requerimento durante a sessão

Requerimento questiona adequação do local onde é feita limpeza de EPIs

Vereador João Lázaro pediu a presença de um técnico em Segurança no Trabalho para avaliação

Durante a 13ª Sessão Ordinária realizada na segunda-feira (19/04), o vereador João Lázaro (PSDB) apresentou o Requerimento nº 198/2021 solicitando informações se existe a possibilidade de um técnico em Segurança do Trabalho ser encaminhado ao barracão onde é feita a limpeza dos equipamentos de proteção individual (EPIs) da equipe de controle de vetores.

Na discussão do requerimento, o parlamentar iniciou sua fala parabenizando os profissionais que trabalham no controle de vetores. “E dizer à população que, realmente, a COVID-19 é uma doença muito séria, mas a dengue também é e os casos de dengue estão aumentando”, afirmou João Lázaro.

Os profissionais que trabalham no controle de vetores todo dia após o trabalho vão até o barracão localizado no bairro Santa Marta e realizam a limpeza de seus EPIs. “E esse local não está totalmente adequado para o dia de trabalho deles, para eles fazerem a sua limpeza, tomar um banho, limpar todos os seus EPIs.”

Por conta dessa inadequação, o vereador fez o requerimento. “Estou pedindo para que um técnico em Segurança do Trabalho vá até lá e avalie o local, faça um relatório e entregue para a Secretaria de Saúde ou até mesmo para o próprio prefeito para que faça uma manutenção e deixe o local mais apropriado”, declarou João Lázaro.

“Nós estamos aqui para ajudar, para colaborar e, de repente, mostrar um probleminha ou outro que possa melhorar a qualidade de vida dos funcionários. Eu sempre falo que o que eu puder fazer para ajudar o funcionalismo público, para ajudar a nossa população, eles podem contar comigo”, finalizou.

O vereador Dr. Pedro Melo (PSL) também participou da discussão e parabenizou o vereador João Lázaro pelo requerimento. “São funcionários da Prefeitura que são a mão de obra básica, que fazem o serviço grosseiro do controle de vetores, que mantêm contato com produtos químicos tóxicos e que precisam ser cuidados com carinho.”

Outro ponto acrescentado pelo parlamentar foi a forma como essa limpeza dos equipamentos é feita. “Essa equipe precisa ser cuidada com carinho, é de suma importância que um técnico de Segurança do Trabalho visite o local e veja as condições em que eles estão retirando suas vestes. Esse material joga para o meio ambiente produtos químicos tóxicos, então precisa ver qual é o destino que se está dando na limpeza.”

O destino dos dejetos dessa limpeza pode estar contaminando os córregos do município, segundo Dr. Pedro Melo. “Esses produtos químicos podem provocar morte de animais porque são produtos químicos fortíssimos que ficam impregnados na roupa deles e que precisa ter um destino específico para isto. Não só a saúde deles como a saúde e o bem-estar da comunidade”, concluiu.

O requerimento foi aprovado por unanimidade e será encaminhado para a resposta no prazo regimental do Executivo Municipal.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira