Élcio Arruda

Vereador busca maior oferta de medicamentos nas farmácias do município

Publicado em: 30/06/2022 10:00

Whatsapp

 

Na tribuna, vereador Élcio Arruda apresenta seu requerimento

Vereador busca maior oferta de medicamentos nas farmácias do município

Élcio Arruda fez requerimento após falta de remédios na USF Antônio Gallo relatada por moradores

Na 23ª Sessão Ordinária realizada na segunda-feira (27/06), o vereador Élcio Arruda (MDB) apresentou o Requerimento nº 357/2022 solicitando informações sobre medicamentos disponíveis na Unidade de Saúde da Família (USF) Antônio Gallo.

A matéria foi motivada após o parlamentar ter sido procurado por moradores do bairro Parque Residencial Porto Bello. “O objetivo desse requerimento é facilitar para as pessoas que moram ali naquela região. Além da Farmácia Municipal, temos a farmácia no Porto Bello e também no Paschoal Salzano e, segundo relatos, alguns medicamentos estariam faltando.”

Outro problema apresentado por Élcio Arruda é de que apenas uma farmacêutica se divide entre os dois bairros. “Ela faz meio período no Porto Bello e meio período no Salzano, e o que pretendo com esse requerimento é que seja normalizada essa grade de medicamentos”, detalhou o vereador.

“Sabemos que não é fácil ter todo esse controle e que a demanda é muito grande, por isso parabenizo o vereador Renato (Rosa – Republicanos) e leve o meu abraço e meus parabéns para o pessoal da farmácia, o pessoal da Saúde e para o Prefeito Rômulo Rippa”, ressaltou Élcio Arruda.

Segundo o vereador, antigamente a Farmácia Municipal não possuía tantos medicamentos quanto há hoje. “A situação hoje é bem diferente, a pessoa chega e leva seu medicamento. Aumentou muita a quantidade de medicamentos que são fornecidos pelo município.”

Para auxiliar a Farmácia, Élcio Arruda disse que entrará com um pedido para o envio de emenda do deputado federal Alex Manente (Cidadania). “Assim como enviarei parte de minha emenda impositiva, e até sugiro a todos os vereadores que também o faça, para que a Farmácia consiga comprar medicamentos.”

Finalizando a discussão do requerimento, o parlamentar sugeriu que outras farmácias municipais sejam instaladas no município. “Não apenas essas duas farmácias, além da farmácia central, mas estarei sugerindo ao prefeito que se ampliem essas farmácias para que consigamos melhorar ainda mais a oferta de medicamentos em nosso município”, concluiu.

O vereador Renato Rosa, que trabalha na Farmácia Municipal, comentou o requerimento. “Muito importante essa matéria e eu gostaria de falar que lá nas USF do Porto Bello e do Salzano é oferecido um mínimo possível. São medicamentos destinados à diabete e pressão e alguns anticoncepcionais e outros medicamentos fornecidos pelo Dose Certa.”

Ele explicou que a falta de medicamento pode estar acontecendo porque alguns medicamentos, que fazem parte do Programa Farmácia Popular, estão deixando de ser ofertados.  “São medicamentos que eram oferecidos tantos nas farmácias municipais quanto nas farmácias particulares pelo Programa Farmácia Popular e que não justifica o município continuar comprando uma vez que já são distribuídos gratuitamente pelo programa Farmácia Popular.”

Outro ponto levantado pelo vereador foi de que, hoje, o município não possui capacidade para administrar mais farmácias. “Para você manter uma farmácia dessa, você tem que ter um estoque, então teria que ter vários estoques e isso geraria um alto custo. No momento, é mais inteligente fortalecer as farmácias que temos, melhorar o atendimento e oferecer mais e melhores medicamentos para população”, finalizou Renato Rosa.

O vereador João Lázaro (PSDB) também falou sobre o tema. “Eu quero parabenizar o autor do requerimento. Eu e a vereadora Priscila (Franco – PSDB) fizemos um requerimento para que colocasse um software em tempo real para que a população soubesse quais e onde tinham os remédios e a senhora secretária de Saúde disse, na resposta do requerimento, que não há a possibilidade, já que uma vez por semana é entregue uma lista dos remédios.”

Para João Lázaro, a instalação desse software facilitaria a vida da população e na transparência. “Temos que trabalhar pela população e eu fico triste com essa resposta porque hoje qualquer estabelecimento tem esse sistema. É transparência, é facilitação para nossa população.”

O vereador acredita ser necessária essa facilitação antes de trazer investimentos para as farmácias municipais. “Nós estamos aqui para ajudar, mas o que eu quero é transparência, é facilitar para nossa população para saber aonde tem e aonde não tem o remédio. Muito já melhorou, mas podemos melhorar mais. E quando tiver transparência de cem porcento, informação em tempo real, contem comigo que eu vou atrás dos meus deputados”, finalizou.

O requerimento foi aprovado por todos os vereadores, constando a ausência do vereador Ricardo Patroni (PSD) e será encaminhado para conhecimento e resposta do Executivo Municipal dentro do prazo regimental.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira