Sessões Legislativas

Projeto concede declaração de utilidade pública ao Porto Ferreira Futebol Clube

Publicado em: 12/08/2022 11:00

Whatsapp

 

Vereadores ao lado dos representantes do clube ao final da sessão

Projeto concede declaração de utilidade pública ao Porto Ferreira Futebol Clube

Projeto de lei foi apresentado pelo presidente Alan João e aprovado na última sessão ordinária

A Câmara Municipal de Porto Ferreira aprovou, na 28ª Sessão Ordinária realizada na segunda-feira (08/08), o Projeto de Lei nº 05/2022, de autoria do presidente, vereador Alan João (PSD), que dispõe sobre a declaração de utilidade pública do Porto Ferreira Futebol Clube (PFFC), nos termos da Lei nº 2.575/2007.

O primeiro vereador a comentar sobre o projeto foi João Lázaro (PSDB). “Quando o Rogério (Endrigo Moraes – presidente do PFFC) procurou o presidente Alan, nós estávamos na sala conversando, eu mais o vereador Sérgio, e o Rogério expos a situação ao senhor presidente no qual propôs ajudar com toda a documentação que seria necessária para que hoje esse projeto estivesse aqui em votação.”

João Lázaro se disse feliz por estar votando nesse projeto próximo a comemoração de 110 anos do clube. “Parabéns a você e a todos os presidentes que o antecederam, o vice-presidente, todos que desenvolveram um belíssimo trabalho porque nós temos orgulho de falar que o Porto Ferreira é nosso, é de Porto Ferreira.”

A dificuldade para se dirigir um clube foi citada pelo parlamentar. “São muitos obstáculos e, assim como em todos os locais, têm aqueles que querem ajudar e têm uma pequena minoria que às vezes até mesmo quer atrapalhar, mas vocês se sobressaíram e hoje nós temos orgulho de falar desse grandioso clube”, concluiu.

O vereador Sérgio de Oliveira (União Brasil) também cumprimentou a todos os representantes do clube presentes na sessão. “É uma grande satisfação aprovar a utilidade pública para esse clube que é centenário em nossa cidade, um clube tradicional que já deu muitas alegrias e continua dando muitas alegrias à população ferreirense, não só para os associados, mas também para a população”, citou.

O parlamentar pontuou as dificuldades que o clube passou durante a fase mais aguda da pandemia. “Essa diretoria que assumiu sabemos das dificuldades que eles pegaram. O clube veio de um período difícil, uma pandemia que judiou muito não só o Porto Ferreira, mas os outros clubes também da região. Não foi fácil, mas essa diretoria, com trabalho sério e honesto, vem conseguindo reerguer o clube.”

Sérgio de Oliveira falou que o Clube de Campos das Figueiras também deverá pleitear em breve a declaração. “Nós recebemos aqui o gestor e um dos diretores do clube porque despertou o interesse em ter a declaração de utilidade pública. Muito em breve, provavelmente, o Clube de Campo estará apresentando a documentação”, finalizou.

O vereador Élcio Arruda (MDB) foi a tribuna e parabenizou o clube pela votação. “Conhecemos o trabalho social que o clube desenvolve, eu como associado desde quando nasci, um frequentador do clube, fico muito feliz de, na noite de hoje, podermos aprovar essa declaração para o clube. Eu desde já me coloco à disposição, através de emendas parlamentares.”

Outro vereador que comentou sobre o projeto foi Marcelo Ozelim (Progressista). “Não poderia deixar de vir aqui parabenizar rapidamente o Porto Ferreira.  Eu fiz parte da escolinha de futebol do Porto Ferreira mais de 30 anos, me lembro de os recursos serem bem menores e acompanhei, ao longo desses anos, a formação de tantas crianças dentro do Porto Ferreira”, destacou salientando o trabalho de voluntários.

Marcelo Ozelim também relembrou de grandes jogadores de futebol que passaram pelo clube. “Sem contar do carinho e da história que o meu sogro, Rui Vicentini, teve dentro do clube onde foi campeão por várias vezes levando o nome do Porto Ferreira. Não só ele, mas tantas outras pessoas que infelizmente já se foram e que de uma certa forma doaram o seu tempo e esforço para que esse clube chegasse onde está hoje”, concluiu.

Para finalizar, o presidente da Câmara e autor do projeto, vereador Alan João, falou sobre a votação. “Eu não posso deixar de compartilhar esse projeto com os colegas João Lázaro e Sérgio Rodrigo de Oliveira, até porque foram eles que me trouxeram o Rogério aqui e nós nos reunimos e discutimos a respeito dessa questão da utilidade pública.”

Outro destaque feito pelo presidente foi a melhora na tramitação das solicitações de utilidade pública dentro da Câmara Municipal. “Desde o ano passado, nós temos trabalhado de uma forma muito mais organizada do que anteriormente no que se refere à questão da utilidade pública municipal. Nós sempre fomos procurados por associações, entidades e instituições que desenvolvem também um trabalho social e importante para o município.”

Com as alterações feitas, foram dadas celeridade e a oportunidade de mais instituições fazerem a solicitação. “A documentação necessária é complexa, há muitos requisitos para pleitear. E eu, juntamente com o diretor da Câmara, Marcos Maquininha, realizamos um procedimento específico de apoio e auxílio a essas associações, instituições e entidades para que elas pudessem cumprir esses requisitos”, contou Alan João.

Alan João ressaltou a importância do PFFC para o município. “Após essas melhorias, mais entidades foram contempladas com a declaração. O Porto Ferreira é um clube histórico para o município que, assim como outros, enfrentam um desafio gigantesco no dia a dia e sobretudo agora nessa fase pós pandemia.”

A concessão da declaração ao clube é reflexo da credibilidade que a atual diretoria tem. “É isso que prova os autos aqui do processo, do projeto de lei, tanto que tem os atestados, as certidões que vocês obtiveram e mostra responsabilidade que vocês têm trabalhado à frente do clube. Em nome da Câmara, gostaria de parabenizar a todos vocês pelo trabalho realizado e dizer que a Câmara continua de portas abertas para que possamos desenvolver outras parcerias”, concluiu Alan João.

Diretoria, conselheiros, funcionários e associados do Porto Ferreira estiveram presentes na última sessão

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira