Priscila Franco

Requerimento busca informação sobre atendimentos do CAPS

Publicado em: 29/09/2022 16:00

Whatsapp

 

Vereadora Priscila Franco na tribuna durante a última sessão ordinária

Requerimento busca informação sobre atendimentos do CAPS

Vereadora Priscila Franco apresentou matéria por conta da fila de espera de quatro meses

Na sessão ordinária de segunda-feira (26/09), a vereadora Priscila Franco (PSDB) apresentou o Requerimento nº 525/2022 solicitando informações ao Executivo Municipal sobre a fila de espera para atendimentos realizados pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

A parlamentar cita na matéria que a fila para agendar atendimento está em mais de quatro meses, tendo 300 pacientes adultos e 120 pacientes crianças à espera de atendimento. Portanto, Priscila Franco questiona quantos atendimentos são realizados mensalmente pelo CAPS, designando os casos novos e os retornos.

Também é perguntado no requerimento quantos profissionais estão à disposição do CAPS para realizar os atendimentos e quantos profissionais seriam necessários para zerar a fila de espera. A vereadora também busca saber o que é possível ser feito caso não haja a contratação de novos profissionais até a abertura de novo concurso público.

Na discussão do requerimento, o vereador Élcio Arruda (MDB) foi à tribuna. “Eu também tenho sido procurado por pessoas que estão nessa fila de espera e estive comentando com o prefeito Rômulo Rippa, que disse estar fazendo essa gestão junto à Secretaria de Saúde e ao CAPS para que esse problema seja solucionado o quanto antes.”

Élcio Arruda acredita que o problema está na falta de profissionais no CAPS. “Estive falando também com Adenilson (Alexandre Andrade Silva), coordenador do nosso CAPS e ele me relatou de algumas dificuldades que o Centro enfrenta hoje para manter as suas atividades. E eu me comprometi com ele a destinar uma emenda impositiva para a contratação de novos profissionais”, declarou.

O requerimento foi aprovado por unanimidade e será encaminhado para que o Executivo Municipal dê a resposta dentro do prazo regimental.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Porto Ferreira